“Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver. ” (Dalai Lama)

Neste final de semana, meu marido perguntou-me de quantos dias eu preciso – em viagem – para enjoar/cansar do lugar onde estou e querer voltar para casa. Prontamente respondi que não existe – para mim – um número de dias para que isso aconteça. Quando estou em algum lugar, ou fazendo algo, estou lá e vivo lá como se nada mais houvesse além do próprio lugar e as coisas a serem ali realizadas. O espanto dele com minha resposta me fez meditar sobre a pergunta. Já a um tempo tem veiculado algumas propagandas da Airbnb da campanha “Viva lá”. Campanha essa que “falou comigo” desde a primeira vez que assisti a um dos comerciais.

Quando meus filhos eram pequenos, depois de uma separação traumática (qual, não é?) e uma pensão que variava em virtude de alguns alugueis que eu recebia de imóveis de meu ex-esposo,  eu me vi frente à necessidade de trabalhar para sustentar a casa eu desenvolvi um lado meu muito me auxiliou e auxilia até hoje: FOCO e PRESENÇA totais no que estava e estou fazendo. Pensa, eu tinha dois filhos com idade de 04 e 06 anos e tinha que levar a escola, buscar, fazer todas as refeições, supermercado, pagar contas….. ui….. e, cumpria a média de falar em 100 processos por semana, em home office, com todas as interrupções quem vem junto.

Em virtude das faculdades que desenvolvi nesta assessoria, acabei trabalhando em Municípios mais distantes e, tinha que viajar para cumprir no local, algumas atividades específicas. Uma vez chegando à cidade, eu estava lá e ponto!!  Deixava em casa organizado o que precisava ser organizado, contava com o apoio de minha mãe para ficar com as crianças, contratava um serviço de taxi para levar e buscar ao colégio e assim fazia o que tinha que ser feito com 100% de entrega e dedicação!

Com o tempo, fiz outras escolhas e imensamente grata, deixei esse caminho da advocacia e como mãe, companheira, namorada, amiga e coach, trouxe toda essa bagagem comigo aplicando-a ao  meu modo de viver e ver a vida inspirando, ensinando e despertando quem está ao meu lado.

O grande diferencial que o conhecimento – seja ele qual for – pode trazer à vida de uma pessoa, é a forma que o mesmo é usado. Eu escolhi usar meu conhecimento construído em uma vida para poder dividir com você minhas descobertas de que está tudo bem, e que é possível e seguro seguir sem culpa ou sentimento de estar abandonando isso ou aquilo e, mais, com a convicção de que onde você esteja é o melhor lugar para estar e é dai que você voltará mais inteiro ao convívio dos que esperam por você.  E assim, com esse sentimento de presença, que termino esta entrega de pedaços de vida a você que está lendo até aqui com gratidão e um convite para que você se abrace e, por um segundo que seja, fique 100% presente para a melhor e mais importante de todas as criaturas desse mundo: VOCÊ!!

Siga-nos nas Redes Sociais:
RSS
E-mail
Facebook
Google+
https://katiamonteiro.com.br/2018/01/15/onde-voce-estiver-que-seja-ai-o-seu-melhor-lugar">
Twitter